De Mãos Dadas
Afetos Políticos Contornos Poléticos

Projeto aprovado e financiado pela Lei de Fomento ao Teatro da Cidade de São Paulo com o objetivo de:

Investigar, através de pesquisa cênica-áudio-visual, as possíveis transformações em humanidades subalternizadas que transgridem os espaços afetivos pré-determinados. Visando a produção cênica de um imaginário de superação da projeção da identidade da pessoa negra.

O processo consiste em pesquisas simultâneas que desembocarão na criação de dois espetáculos, um para público adulto e outro voltado para o público jovem. Tendo como tema a relação entre a subjetividade da pessoa negra e a superação de estereótipos e realidades subalternizantes, as pesquisas irão investigar as transversalidades entre negritude, gênero e afetividade. A pesquisa denominada “O boxe e as masculinidades transfiguradas” se debruçará sobre o universo masculino e a afro-homoafetividade; Já a pesquisa denominada “A sororidade como transgressão do mito” vai tratar da desconstrução de estereótipos e ideologias construídas a partir de uma visão opressora sobre a mulher, na cultura afrobrasileira.

O projeto se desenvolverá a partir das seguintes bases estruturais: Estudos de Práticas e Teorias; Montagens dos espetáculos; Inscrição Crítica e Difusão.

Estudos de Práticas e Teorias

Cada processo de pesquisa terá um treinamento físico/prático específico que será desenvolvido a partir das necessidades de cada trabalho, contando com oficinas de diferentes práticas.
Para a pesquisa “O boxe e as masculinidades transfiguradas” será realizado o treinamento de boxe coreográfico, tendo como foco um estudo de tônus e plasticidade que borra as fronteiras entre luta e dança, entre autodefesa e a prática coreográfica.
Para a pesquisa “A sororidade como transgressão do mito” serão realizadas oficinas de danças africanas e cantos afrobrasileiros para investigar expressividades gestuais e especificidades vocais que dialoguem com as raízes ancestrais e criem pontes com memórias expressivas contemporâneas.

Durante o processo de criação dos trabalhos serão desenvolvidos estudos para embasamento e discussão teórica dos temas envolvidos nas pesquisas, com o auxílio de orientadores teóricos e o amparo de bibliografia específica, da qual fazem parte os livros citados abaixo, dentre outros. Esses estudos serão fundamentais para o desenvolvimento dos espetáculos.
Uma palestra pública de cada pesquisa fará parte dos Estudos teóricos, visando partilhar o processo com o público e trocar informações em nível de debate com as pessoas interessadas nos temas da pesquisa.

Sinopse

“O boxe e as masculinidades transfiguradas” – trata-se de pesquisa cenicaaudiovisual que investigue os estereótipos de masculinidade presentes no universo do boxe, confrontados com os estereótipos de homossexualidade. Os caminhos da pesquisa se desenharão a partir da discussão dos afetos como dispositivos emancipatórios, utilizando o boxe como uma alegoria do funcionamento do racismo e da homofobia. A cena vai unir a gestualidade do boxe, a musicalidade do rock e as regras rígidas da luta para contar o percurso de um campeão que constrói sua identidade na complexidade de uma nova imagem do masculino. A pesquisa resultará em material cênico que receberá tratamento audiovisual para compor um filme curtametragem de nome provisório 12º Round.

“A sororidade como transgressão do mito” – trata-se de pesquisa cênica para montagem e circulação de um espetáculo infanto-juvenil sobre sororidade a partir de mitologia africana Ioruba. A pesquisa cênica se debruçará na fusão da cena com projeções visuais de personagens e cenários animados, criados de forma autoral para este projeto. A dramaturgia e a música, também autorais, partirão de contos e ritmos afrobrasileiros para investigar, a partir de leituras dos mitos iorubanos, uma identidade que supere as imagens desse feminino fundante, ressignificando arquétipos e as relações de irmandade entre os orixás femininos. A pesquisa resultará em uma peça teatral de nome provisório De Mãos Dadas Com A Minha Irmã, além de livro com texto e desenhos que compõe o espetáculo; e o diário com calendário lunar e astrológico para autocuidado na adolescência.

Ficha Técnica

12º Round

Direção – Lucelia Sergio

Elenco do projeto – Eduardo Silva, Monica Augusto, Rodrigo dos Santos, Sidney Santiago Kuanza, Teka Romualdo

Orientação teórica – Osmundo Pinho

Equipe Audiovisual – Fuzuê Filmes – Cibelle Appes e Edu Luz

Câmera – Cibelle Appes, Edu Luz e Isabel Praxedes

Direção musical – Dani Nega

Iluminação – Denilson Marques

Preparação de elenco – Carolina Nóbrega

Direção de arte – Guilherme Funari e Lia Damasceno

De Mãos Dadas Com A Minha Irmã

Direção – Aysha  Nascimento

Direção Musical – Beth Beli

Atriz – Lucelia Sergio

Figurinista – Tairone  Porto

Dramaturgia – Lucelia Sergio

Dramaturgista – Willian Sampaio

Designer (Storyboard, ilustração e animação) – Felipe Domingos

Designer (Animação, video react e video mapping) – Ramon Zago